ERRE GRANDE

Torna-te um bom comunicador seguintes estes 7 pilares

Gostavas de ser um bom comunicador para os teus amigos e colegas de trabalho? Segue estes pilares na tua comunicação verbal e escrita.

Table Of Contents

A comunicação é algo que fazemos todos os dias, de diversas formas. Quer seja escrever, falar ou até ler a linguagem corporal do outro, o ser humano está me permanente comunicação com o ambiente e com os outros.

A principal características que distingue os seres humanos dos animais é a sua capacidade de cooperar. Ao trabalharmos juntos, conseguimos criar cidades, máquinas, tecnologia, estradas, pontes, o Direito e os Tribunais.

E só conseguimos fazer isso tudo porque comunicámos à procura de um entendimento.

Ser um bom comunicador é importante no contexto profissional

No contexto profissional, a comunicação é vista como uma das skills do futuro. Porquê? Porque é o que te permite trabalhar com outros, resolver conflitos, gerir pessoas e construir os projetos da tua carreira.

Aparece nos vários contextos do dia-a-dia. Se tens de fazer uma apresentação, como podes passar a mensagem? Ao convencer o teu chefe a adoptar a tua ideia, como o vais persuadir? Tens um relatório para entregar, como vais expor a informação de forma clara para qualquer pessoa poder ler e entender?

É por isso que é tão importante saber escrever. Mas mais do que isso, é saber comunicar.

Por isso segue estes pilares para te tornares num bom comunicador para que a tua mensagem seja clara, curta, concisa, assertiva, coerente, completa e criativa.

1 – Clareza

O principal objetivo de comunicar é passar uma mensagem. O outro tem de entender o que queres dizer.

Por isso, a mensagem tem de ser clara. O que tu queres dizer ele vai entender. Se não for clara, cria confusão e discórdia. O outro não precisa de assumir o que queres dizer: a tua mensagem é clara na sua interpretação.

Para poderes ser um bom comunicador, preocupa-te em passar poucas mensagens, mas que sejam entendidas. Na tua escrita, simplifica as frases, utilizando menos vírgulas. Esta clareza é também importante no copywriting, pois com uma call-to-action certeira, vais aumentar as tuas conversões.

Ler mais: AIDA: como usar esta fórmula de copywriting nos teus conteúdos

2 – Curto

A tua mensagem deve ser curta. Ponto. Poucos se vão lembrar do que disseste há dois minutos atrás. Assim, para influenciar alguém, deves ter uma mensagem curta.

Basta pensar nos slogans das marcas. São mensagens curtas e por isso memoráveis. E comunicam uma ideia forte.

Quando estás a contar histórias, é natural focares-te no desenvolvimento, mas não abuses nos pormenores. Utiliza detalhes para criar uma imagem, mas foca-te nos mais importantes. Sim, uma mensagem curta também pode ser colorida.

3 – Conciso

Esta é a norma mais utilizada no jornalismo: curto, claro e conciso.

Ser conciso é ser sucinto, ou seja, dizer em poucas palavras aquilo que é mais importante. Esta parece ser uma excelente forma para ser um bom comunicador!

Apenas tens de ter uma mensagem curta, importante e que a digas com clareza. Ao desenvolveres as mesmas, não te percas no essencial, pois vai tornar a tua comunicação muito mais eficaz.

4 – Assertividade

Possivelmente já ouviste que um bom comunicador é assertivo. Isto é, declara sem hesitações. Escreve com frontalidade.

A assertividade não cria diferentes interpretações do que queres dizer e mostra a tua posição nos determinados temas. É uma autoconfiança na tua mensagem que passa para o outro não como arrogância, mas como certeza.

Ser assertivo é muito importante no contexto laboral, pois permite-te liderar equipas em momentos de incerteza. Ajuda também a fazer briefings indicando o que cada um deve fazer. Por isso, utiliza a clareza e a assertividade em conjunto para uma mensagem mais poderosa.

5 – Coerência

A coerência torna um bom comunicador num excelente comunicador.

A mensagem que queres passar tem uma estrutura com diferentes subtítulos. Todos eles devem estar ligados, sem contradições e relacionados com o tópico que queres abordar.

Ser coerente é também manter a factualidade da informação. Ao utilizares dados e conclusões, estes retratam uma perspetiva da melhor forma possível.

A mensagem também tem de estar de acordo com os teus princípios e valores de marca ou dos teus objetivos como pessoa. É fácil perceber quando não acreditas na mensagem que estás a passar.

Um bom comunicador tem uma mensagem clara em que acredita – e tal ajuda muito a melhorar a coerência.

Ler mais: Como comunicar melhor na escrita: faz estas questões para seres mais eficaz

6 – Ser completo

A regra é simples: não deixar pontas soltas. Num texto, relatório ou apresentação, deves dizer tudo o que queres dizer.

Ou melhor, deves dizer o que o outro deve saber sobre aquela ideia. Pensa no que gostarias que o outro se lembrasse da tua mensagem. Reúne o mais importante e estrutura o teu pensamento. No final, revê se não ficou nada por dizer.

Este pilar é especialmente importante quando trabalhas com outros em projetos do dia-a-dia. Todos devem ter acesso à informação completa para poderem cooperar.

Ler mais: Como escrever um artigo para blog em 10 passos

7 – Criatividade

Por fim, para ser um bom comunicador aposta na criatividade. Ser criativo é comunicar de forma diferente e cria relação com a audiência. Além disso, pode ser mais fácil lembrar uma mensagem

No teu contexto profissional, ser criativo é pensar em soluções diferentes e fazer sugestões “fora da caixa”. Podes usar a criatividade para fazer uma apresentação diferente ou encontrar um novo formato de relatório mais eficaz. Um conteúdo criativo faz a diferença e traz atenção para o teu trabalho.

Ler mais: Como ser mais criativo com estas 5 técnicas

Estes são os pilares que deves usar para ser um bom comunicador, quer seja a falar ou a escrever. Se comunicares melhor, terás mais credibilidade junto de colegas, chefes e até mesmo melhorar as tuas relações pessoais.

Por isso, comunica de forma clara, curta, concisa, assertiva, coerente, completa e criativa.

Sharing is caring!

Exit mobile version