Follow Us

O que é a Resiliência?

O que é a Resiliência?

Todos temos uma palavra preferida. A minha de hoje é resiliência.

Durante o crescimento na minha vida adulta, lidei com vários desafios. A primeira entrevista de trabalho, o primeiro não. O primeiro emprego, os novos colegas.

Até experimentar fazer um primeiro negócio em network marketing, que me fez crescer bastante em tempo recorde e que me ensinou muito.

Em todas estas experiências há uma palavra em comum: resiliência

Este artigo já é antigo e dizia que “inconscientemente, o Erre Grande poderia ser o r de Resiliência”.

A resiliência está muito ligada à luta, à busca dos sonhos, à ideia de que se lutarmos pelo que queremos sem nunca desistir, vamos conseguir.

Quando penso no meu percurso de vida, sei que consegui atravessar os maus momentos e ultrapassar os medos. Porque em momentos de grande decisão, tive uma forte crença de que iria conseguir chegar onde queria chegar.

Inconscientemente, continuava a acordar todas as manhãs para viver, para fazer algo de diferente, porque de alguma forma sabia que as coisas podiam melhorar.

Agora percebo que aquela força é uma característica da minha personalidade que se chama resiliência.

Mas a resiliência não é estar sempre motivada, com aquela garra e força de querer fazer tudo. Aliás, percebi que é exactamente o contrário: é estar em baixo e de alguma forma encontrar a força e a capacidade de tentar sempre mais uma vez.

É continuar a lutar quando muitos desistem. É levar porrada e levantarmo-nos à mesma, tentando sempre mais uma vez.

Uma capacidade de enfrentarmos algo que nos corrói e, de certa forma, sair por cima. Continuar a remar durante a tempestade, não olhando para o passado. É viver o presente acreditando que o futuro será mil vezes melhor.

Acreditar na abundância quando parece que nos falta qualquer coisa. Saber que tudo não corre bem, mas que no final tudo corre bem. No fundo, é fazer para cumprir aquele objetivo, sem baixar os braços.

A minha resiliência também está ligada a não achar que é suficiente

Este sentimento está ligado a uma fome interna de continuar. De fazer mais e aprender mais, para fazer melhor. Admitindo os erros e aprendendo com eles.

Essa fome diz-me para acordar todos os dias, porque ainda temos que fazer. É querer ser feliz no-matter-what. Porque vou fracassar, mas que não há outra de forma de chegar onde quero. Preferir sempre sorrir mesmo quando não sorriem à volta.

Talvez a resiliência seja uma questão de fé

Sim, de fé. De uma fé profunda, inabalável, incomensurável. Fé gigante, maior que nós e até que o mundo. Uma fé que diz que vai tudo correr bem e que não importam medos, obstáculos, desafios, adversidades.

Ser resiliente é ter fé em nós mesmos e que vamos encontrar a nossa felicidade, interna ou externa.