Follow Us

Growth mindset: 5 dicas para aplicares na tua carreira

Growth mindset: 5 dicas para aplicares na tua carreira

Se queres mudar de vida, tens de mudar o teu mindset. O Growth Mindset é a nova tendência para alavancar a tua carreira.

Quando se trata de carreira, muitos jovens ficam ansiosos por começar. Outros profissionais procuram “dar o salto”, para algo melhor, como um cargo de chefia ou um sector diferente. Já outros procuram melhorar as suas soft skills e tornarem-se bons managers e também bons líderes.

As mudanças no mercado de trabalho acontecem de forma rápida nos últimos 30 anos. A pandemia do Coronavírus também nos mostrou como tudo pode mudar num espaço de semanas. Em termos de carreiras profissionais, fala-se no teletrabalho, na gestão de equipas à distância, da reutilização dos espaços de escritórios para cowork, da procura de casas com terraço e escritórios para uma vida profissional e pessoal dentro das mesmas quatro paredes.

Nestas mudanças, procuram-se profissionais com algumas características como adaptação.

Adaptação, resiliência, trabalho em equipa, problem-solving. São algumas buzzwords que podes ouvir quando se fala em como conseguir o trabalho de sonho. De facto, a informação é tanta que pode até ser contraditório. Querem profissionais especialistas, mas um faz-tudo também é preciso em pequenas empresas. Pedem também jovens com até 1 ano de experiência mas com imensos conhecimentos em marketing digital que dificilmente alguém com apenas uns meses de experiência consegue dominar.

Por mais buzzwords que utilizem, há algo que deves ter em conta: criar um growth mindset.

O que é o Growth Mindset?

Carol Dweck é doutorada em Psicologia e docente na Universidade de Standford. Na sua carreira de investigadora, ficou muito curiosa para perceber como é que as pessoas lidavam com o falhanço, tendo observado jovens estudantes a lidar com graves problemas. As suas observações deram origem ao livro Mindset: A Atitude Mental Para o Sucesso onde Carol fala sobre o “Growth Mindset”

Para a doutorada, os indivíduos que acreditam que os seus talentos podem ser devolvidos (através de trabalho, estratégia e feedback de outros) têm um growth mindset, ou um mindset de crescimento. Estes indíviduos tendem a alcançar mais do que aqueles que acreditam que os seus talentos são inatos e não podem ser desenvolvidos (pessoas com fixed mindset, ou mindset fixo).

Dweck explica num artigo no HBR que quem tem um growth mindset “preocupa-se menos a parecer inteligente e investe as suas energias em aprender. Quando empresas inteiras seguem este growth mindset, os seus colaboradores reportam sentirem-se mais empoderados e comprometidos. Podem também sentir mais apoio organizacional e um incentivo para a colaboração e a inovação. Por seu turno, as empresas com pessoas com fixed mindset reportam mais momentos de decepção, desilusão e traição entre colegas, pois acredita-se que é a única forma de ganhar vantagem na guerra do talento”.

imagem de uma frase sobre difficult roads e growth mindset
Photo by Hello I’m Nik on Unsplash

Quais as diferenças entre growth mindset e fixed mindset?

É possível identificar o mindset de um indivíduo através dos seus comportamentos.

Por exemplo, um growth mindset acredita no melhoramento, na aprendizagem. Sabe que não sabe tudo, mas que é possível aprender e saber mais. Acredita que os seus talentos não estão definidos à nascença e que é possível obter novos talentos. Assim, podes não saber cantar, mas se aprenderes e treinares, podes melhorar a tua voz e cantar melhor.

Já uma pessoa com um fixed mindset acaba por centralizar os seus fracassos na sua incapacidade de ser melhor. Acredita que se não é bom a fazer algo, nunca será, pois não pode mudar as suas competências. Desiste facilmente, porque um desafio que o tire da zona de conforto assusta-o. Por isso, acaba por ficar sempre na sua.

Como desenvolver um growth mindset?

Como Carol Dweck indica, se trabalhares o teu mindset, podes conseguir gerir a melhor a tua carreira. Porquê? Porque podes adaptar-te melhor aos desafios da empresa, consegues ter soft skills que te permitem trabalhar em vários sectores e estás preparado para enfrentar desafios que o mercado de trabalho .

Existem também pequenos truques que podes seguir para melhorar o teu growth mindset:

1 – Aprende a identificar “aquela voz interior”

Todos temos uma voz interior que acaba por trabalhar contra ti. Quando tens uma ideia brilhante, logo começas a pensar que é parva, que já alguém fez o mesmo, que ninguém vai aceitar, que a concorrência é enorme.

Se souberes identificar “a voz do diabinho” que te puxa para baixo, consegues dominar os pensamentos negativos e fazer com que eles não te impeçam de experimentar coisas novas ou pensar de forma diferente. O desenvolvimento pessoal passa também por reconhecer as tuas emoções para as poderes usar a teu serviço. Por isso, conhecer-te a ti mesmo é o princípio para o teu mindset mudar e crescer.

2 – Reconhece que tens uma escolha

Acredito que há imensas aspectos que não conseguimos controlar na vida. Mas definitavamente podemos controlar como reagimos às coisas que nos acontecem.

Reconhecer que tens uma escolha permite-te não ser refém das circunstâncias. E mesmo que vivas numa situação pouco privilegiada, podes reconhecê-la e lutar para fazer a diferença para ti e para as futuras gerações.

Na tua carreira profissional, podes passar por momentos de crise ou perceber que as tuas skills são completamente obsoletas. Ainda assim, se admitires que podes escolher outro futuro para ti, podes começar o teu caminho de aprendizagem. A tua perspectiva muda e podes melhorar o teu CV ou adoptar hábitos que te vão mostrar uma vida diferente. Um growth mindset é saber que podes alterar aquilo que consegues controlar. O primeiro passo é identificar o que podes mudar e o que podes fazer em relação a isso.

3 – Repensa o que é fracasso – se eu falhar, eu aprendi, não é vergonha nenhuma

Como lidas com o fracasso? Achas que é o fim do mundo ou é um momento de aprendizagem?

Quem tem um growth mindset tira proveito dos seus fracassos. Se falhares, não é vergonha nenhuma! Mesmo que tenhas grande consequências, podes sempre admitir o teu erro e aprender a lição.

A consultora Accenture desenvolveu vários cursos sobre Transformação Digital, abordando o tema do growth mindset. Esta consultora incentiva os seus colaboradores a terem o gosto de aprender. É uma forma de melhorarem, desenvolverem as suas competências. uma das qualidades para o sucesso é o gosto por aprender. melhorar, aprender, oportunidades de aprender e crescer. O fracasso é fruto da situação e não devido à falta de capacidade da pessoa. E mesmo que seja à falta de capacidade, então acreditas que podes melhorar!

4 – Aceita feedback

Este é um traço comum à geração dos Millennials. A verdade é que os Millennials (e não só) adoram receber feedback, pois assim sabem que estão a corresponder às expectativas. O diálogo é importante, pois se nunca receberes feedback, não sabes o que melhorar e como melhorar. Mesmo que seja uma crítica construtiva, quem tem um growth mindset aceita feedback como mais uma lição que pode aprender. Assim, repensa a tua forma de encarar uma comunicação do teu chefe e podes obter um novo mindset numa questão de dias.

5 – Take action!

Todo o desenvolvimento pessoal do mundo não vai fazer nada pela tua carreira se não tomares ação. Podes fazer imensos cursos online, ouvir podcasts ou até devorar Ted Talks inspiradores: se não agires, não terás os resultados que procuras. Um growth mindest incentiva-te a sair da zona de conforto e a experimentar coisas novas. Se te rodeares de outras pessoas com a mesma perspectiva em termos ao fracasso e ao feedback, começas também a ter mais ideias, a estar mais voltado para a inovação e aumentas também a tua criatividade. Por isso, deves estudar muito e claro agir muito. Se falhares, aprendes! Se tiveres sucesso, ainda melhor!

Estes são alguns truques que podes aplicar no teu dia-a-dia profissional para começares a cultivar uma perspectiva diferente. Ao adoptares o growth mindset poderás ter mais ganhos na tua carreira e veres alguma progressão para um futuro melhor!