google analytics google app no smartphone
Marketing Digital

Google Analytics: principais métricas a analisar no teu blog

Quando tens um blog, deves usar uma ferramenta como o Google Analytics para ver a sua evolução. Estes são alguns dados importantes que deves analisar do teu blog.

Table Of Contents

Depois de criar um blog e te de dedicares a escrever artigos úteis e atractivas, é possível que todos os meses olhes para as visitas do teu blog.

Olhar para o Google Analytics ajuda-te a perceber tudo sobre o teu blog

Nos anos em que não existia websites, como é que sabias o que as pessoas queriam ler ou comprar? Simplesmente perguntando directamente. Parece um processo chato e difícil de escalar.

Agora é diferente. Tens um website e com uma ferramenta de análise de site, como o Google Analytics, podes seguir e tudo aquilo que se passa no teu blog. Vais ter dados reais e passados, quanto tempo as pessoas passam no teu blog. E tal dá-te informação fidedigna para tomares decisões.

Como por exemplo, saber quais os artigos mais populares, que tipo de tráfego de site te traz mais visitas, se o teu Facebook traz ou não visitas. Se tiveres uma loja online, é ainda mais crítico perceber quais os produtos mais populares, em que páginas as pessoas ficam mais tempo e se, de facto, concretizam uma compra.

Para entender os números no Google Analytics deves saber o básico

Nesta ferramenta de análise de website, vais ter três coisas a olhar: métricas, dimensões e conversões.

Métricas é tudo aquilo que é medível através de um número, como por exemplo o número de visitantes ou tempo passado a ler um artigo.

Já as dimensões são tipos de dados qualitativos que descrevem algo que está a ser seguido por palavras. São exemplos disso o tipo de device que o leitor utiliza para visitar o teu blog ou a sua localização geográfica.

Estes dados soltos fazem pouco por ti, mas se o cruzares vais ter melhores informações para decidir. Por exemplo, queres saber de que cidades são os teus visitantes. Podes cruzar o número de visitantes de determinado dia com a cidade e sabes onde estão os teus leitores.

As conversões estão ligadas essencialmente a objectivos. Uma conversão ocorre quando um utilizador está no teu blog ou site e completa um objetivo que concretizaste, como fazer uma compra ou subscrever à newsletter. A percentagem de visitantes que completa determinado objetivo é chamada “conversion rate”.

Este dado também é importante para saberes se as pessoas estão a fazer determinação ação que queres, como ler mais do que um artigo ou clicar em determinada página.

google analytics metricas

Quais as métricas no Google Analytics que devo analisar?

Neste caso, vamos olhar apenas para as métricas. Ou seja, quais os números que deves ter em conta.

Isto porque se estás a começar um blog, vais-te focar nos artigos que estáo a correr melhro, se as tuas visitas estão a aumentar e como é que os teus esforços de partilhar nas redes socias estão a correr.

Começar a analisar desde o início dá-te histórico. Contudo, não te foques nos números absolutos!

É normal o tráfego orgânico demorar a aparecer. No começo tens menos visitantes pois ninguém sabe quem és. Por isso vai apontando semanalmente os teus resultados para veres a evolução e comparares com as tuas ações de partilha e também com a atualidade. Estas são algumas métricas a olhar para o teu blog.

Visitantes

Dentro desta métrica, deves ver os novos visitantes e também os recorrentes – tal mostra-te levemente se estás a fidelizar os teus visitantes. Ou seja, se alguém visita só o teu blog uma vez ou se vai vendo vários artigos ao longo do tempo.

Sessões

As sessões é o registo de cada vez que um utilizador visita o teu blog. Por isso, é normal teres mais sessões que visitantes, pois mostra que cada utilizador está a fazer mais do que uma sessão.

Este é que é o dado mais “correcto” para saberes as visitas do teu blog. Assim sabes se o teu blog teve centenas ou milhares de visitas.

Duração da Sessão

Esta métrica é particularmente relevante, principalmente para blogs. Se tens artigos de blog longos, e se os teus utilizadores estão a ler parte dele, é expectável que o tempo de sessão seja superior. Este é o tempo total entre abrir e fechar o teu site, por isso quanto mais tempo passar a explorar os teus conteúdos, melhor.

Mais uma vez, olha sempre para a evolução: se um visitante passa mais tempo no teu blog, é um dado importante de como estás a crescer.

Deves também olhar para a duração da página, neste caso, um blog post. Se o utilizador passa 30 segundos num blog post de 2000 palavras, talvez percebas que o utilizador não quer ler aquele conteúdo.

Páginas com mais visitas

Este dado é importante para o teu SEO para blogs. Ao veres que páginas são mais populares ao longo do tempo, podes decidir em melhorar o conteúdo existente para aumentar as visitas.

Por exemplo, utilizo este artigo sobre Google Analytics e ele tem muitas visitas. Posso então melhorar o conteúdo com mais informação relevante. É assim uma excelente métrica para te ajudar a decidir que conteúdo publicar a seguir.

Tipos de tráfego

Sempre que publico um artigo, geralmente partilho no Facebook, Twitter e LinkedIn. Por isso todas as semanas vejo qual é o canal que me está a trazer mais visitas.

Ao saberes qual o tipo de tráfego que traz mais visitas permite-te saber onde vais investir. Se não receber visitas do Twitter, talvez não precise de estar sempre a partilhar lá. Por outro lado, tenho muitas visitas do LinkedIn e então tenho de me focar em alimentar essa rede para obter mais visitas ao meu blog.

Ler mais: O que publicar em cada rede social para promover o teu blog

Conversões

Para além das métricas registadas pelo Google Analytics, deves olhar para conversões. Como tal, deves criar objectivos que te permitam perceber se os

Podem ser algo como subscrever à newsletter ou ler mais do que dois artigos numa sessão, por exemplo. Se quiseres saber mais sobre este tema, vê o vídeo que o Tiago Faria fez.

Estes são alguns dados que deves retirar do Google Analytics do teu blog. Ao teres esta ferramenta, vais registar vários passos que um utilizador faz no teu blog, bem como perceber quais os artigos mais vistos. Por isso, é uma ferramenta muito relevante para fazer crescer o teu blog.

Sharing is caring!