pessoa a fazer gestão de redes sociais
Marketing Digital

Gestão de redes sociais: 7 passos para uma boa estratégia

Criar conteúdos para Facebook e Instagram não tem de ser um quebra-cabeças. Segue este guia de gestão de redes sociais para melhorar a tua presença digital.

No marketing digital, existem vários papéis a desempenhar. Um deles pode ser a gestão de redes sociais.

A gestão de redes sociais é estratégia, planeamento e produção

Sim, gerir redes sociais é muito mais do que saber o que publicar no Facebook ou colocar emojis. Envolve estratégia, planemaento, discussão, posicionamento de marca.

Para além de planear, tens ainda de executar e medir resultados, para melhorares os teus resultados. Este é um guia de gestão de redes sociais para o teu blog ou projeto.

1 – O que queres fazer com as redes sociais?

Recebo alguns pedidos de trabalho de freelancer. Quer seja para fazer um website, um webinar ou artigos de blog, faço uma primeira pergunta: qual é o objetivo?

Nas redes sociais, também deves saber porque as estás a utilizar. Qual é o objetivo? O que queres alcançar com as diversas redes que utilizas?

Usar as redes sociais é comunicar com um público alvo e tal pode servir para diferentes propósitos:

  • Divulgar a marca;
  • Criar relação com utilizadores;
  • Criar uma comunidade de fãs do teu blog;
  • Educar;
  • Informar;
  • Converter e vender os teus produtos

Assim, ao saberes qual é o objetivo é mais fácil construir o caminho para chegar até lá.

Ler mais: 3 formas de usar o Facebook para o teu blog

2 – Em que redes sociais queres estar?

Este é um erro que algumas pessoas cometem. Querem criar perfis em todas as redes scoaisi, sem perceber como funcionam, como fazem parte da estratégia de marketing de conteúdo e como pode ajudar a empresa.

Existem dezenas de redes sociais e não precisas de estar em todas. Precisas de estar naquelas em que está o teu público-alvo. Estar no TikTok pode ser giro, mas será a forma mais fácil de os teus seguidores chegarem ao teu conteúdo» Ou usar o Twitter quando o teu público é empresarial e certamente estará mais no Linkedin?

Escolhe em que redes sociais queres estar utilizando dados gerais do teu país, os interesses do teu público-alvo e em como estás mais confortável a comunicar.

3 – Como planear o conteúdo?

Dentro da gestão de redes sociais, tens a aprte em que tens de saber que conteúdo vais publicar. Para que saibas o que publicar em cada rede faz um calendário de conteúdos.

A ideia é criar mensagens adequadas a cada canal e podes reutilizar ideias, dispersando a mensagem por diferentes canais.

No planeamento do conteúdo deves definir:

  1. Os formatos que vais utilizar (imagem, texto, vídeo);
  2. Que rubricas vais criar (produto, comunicação institucional, lançamento de produto, frase inspiracional)
  3. Quais os conteúdos criados para converter;
  4. Os conteúdos informacionais sobre o teu produto e indústria – educar o utilizador
  5. Quando publicar
  6. Qual a cadência da publicação dos conteúdos

Olhando para redes sociais, o blog é o ponto de partida. Podes publicar um artigo e divulgá-lo no mesmo dia ao final do dia. E também podes partilhá-lo na semana seguinte, duas semanas depois e um mês depois, tudo em horários diferentes. A tua audiência vai assim ver o artigo em diferentes momentos, aumentando o alcance do teu artigo.

Ou seja, não publiques logo tudo, espalha o conteúdo por diferentes redes e momentos e partilha mais do que uma vez. Não te vais estar a repetir, vais é chegar a diversos públicos.

Ler mais: O que publicar em cada rede social para promover o teu blog

4 – Usa ferramentas para agendar e analisar

Acho este ponto fundamental para que tenhas um dia-a-dia eficiente. Em vez de publicar todos os dias, cria as publicações com antecedência.

Assim, cria a estratégia operacional. Faz um passo a passo de tudo o que tens de fazer nas redes sociais, tais como preparar imagens, preparar copy, agendar publicações, comentar noutras publicações, responder a mensagens, etc.

Bloqueia no calendário uma hora semanal para construíres os conteúdos. É desta forma que manténs a consistência e cresces a tua audiência.

Considerando as ferramentas de análise, podes utilizar as ferramentas das redes sociais e colocá-las num relatório de excel para ires seguindo a evolução. Outra alternativa é usar softwares próprios que te mostram estatísticas em tempo real.

Para saberes o impacto que as redes sociais têm no teu blog, consulta o Google Analytics semanalamente.

Ler mais: Google Analytics: principais métricas a analisar no teu blog

5 – Começa a fazer anúncios

Na gestão de redes sociais, deves ter uma estratégia de anúncios para dar mais alcance às tuas publicações. Se queres mostrar um guia completo ou incentivar a subscrever à newsletter, as campanhas pagas permitem-te chegar a um novo público.

É sempre bom começar por construir uma audiência de forma orgânica, mas planear campanhas específicas para obter mais público é importante para as tuas redes sociais crescerem.

Define o teu budget mensal e faz algumas experiências. Mais uma vez, são os resultados que te vão dizer o que funciona melhor com a tua audiência.

6 – Define uma política de interação

Se queres mesmo que o teu blog cresça, a gestão de redes sociais passa também por criar uma política de interação. O que é isso?

É uma política interna que tens para responder a comentários e a mensagens de potenciais leitores e clientes. Definir esta estratégia é essencial para a tua comunicação digital. Deves preparar as respostas a perguntas mais comuns.

Não serve apenas publicar, tens de interagir. Assim, ao definires como vais responder às pessoas dá mais força à comunicação da tua marca. O mesmo aconselho no teu blog: responde sempre aos comentários, a pessoa deu-se ao trabalho de ler e comentar e deves agradecer-lhe o gesto respondendo.

7 – Planear, fazer, melhorar

A gestão de redes sociais implica ter uma estratégia, planear as tuas publicações, publicar e ver os resultados.

Cada estratégia demora a produzir os resultados esperados, por isso é relevante manter a consistência e ir verificando os resultados.

Para melhorares os resultados, pede feedback ao teu público-alvo. Vê os seus interesses, pesquisa os artigos com mais visualizações, olha para o design das publicações para perceber se a missão da tua marca está a passar.

E não te esqueças: o conteúdo não é para as redes sociais, é para o teu utilizador. É ele que tu serves e que produzes as tuas mensagens. Deves utilizar boas práticas para otimizar o conteúdo para as plataformas, mas elas não são o teu público. Esse são pessoas, interessadas, nos teus conteúdos.

Ler mais: Design para redes sociais: 6 aspetos a saber

Este é um simples guia de gestão de redes sociais para o teu blog, para saberes como deves definir a tua estratégia, o teu planeamento e como manter a consistência ao longo do ano.

Sharing is caring!