relatorio para estudar marketing digital
Carreira Marketing Digital

Estudar marketing digital: como começar

Queres aprender sobre marketing digital, mas não sabes como começar? Segue estes passos para estudar marketing digital.

Trabalho na área de comunicação e marketing há alguns anos, tendo começado o meu percurso em vendas. Aprendi sobre o digital, o utilizador, anúncios, redes sociais. E muito do que aprendi foi através do blog.

Ao escrever conteúdos para um blog, aprendi sobre WordPress, marketing de conteúdo, publicações em redes sociais, design, web design, escrita de conteúdos e tantas outras coisas.

Foi esta prática que me deu a conhecer o mundo digital e todos os meus conhecimentos de marketing são muito fruto dessa prática.

Por isso, acredito que começar um blog é uma excelente forma de aprender sobre marketing digital.

Mas e se queres mesmo estudar marketing digital?

Algumas pessoas fora da área de comunicação perguntam-me sobre o tema e faz todo o sentido.

Quem vem de outras áreas e ganha o gostinho pelo digital acaba por querer perceber melhor sobre este mundo. O que são anúncios, como comunicar nas redes sociais, porque é que tenho de criar um blog, o que são leads. São tudo questões válidas.

Assim estudar marketing digital pode ser feito na prática, mas também através de cursos. Mas por onde começar?

Começa pelo gratuito

Existem cursos de marketing digital que podem estar direcionados para iniciantes. E existem cursos mais gerais e outros mais focados em determinada área, como SEO ou Google Ads, por exemplo. Assim, percebo que a escolha não seja fácil.

O mais importante é perceber: que conhecimentos queres ter?

Esta pergunta é aquela que te vai ajudar a fazer um currículo próprio para ti. Sim, podes fazer os cursos que te sugiro e outros, mas o importante é teres um caminho de estudo preparado.

Antes de comprares algo, deves perceber:

  • O que já sei de marketing digital?
  • O que gostaria de saber?
  • Para que fins?
  • Como vou usar estes conhecimentos?
  • Que tipo de curso geral gostaria de fazer?
  • Que área de especialidade queria estudar?

Estas perguntas podem não ter resposta agora e, se não sabes como respondê-las, já tens um bom feedback.

Porque se estás mesmo a começar e queres só descobrir a área, não é necessário fazer um curso e pagar por ele.

Existem blogs e vídeos no Youtube que gratuitamente cobrem vários assuntos. Em algumas horas de exploração, vais ler sobre o que é o marketing e ver vídeos sobre questões práticas.

Começar por aqui pode levar algum tempo, mas arriscas pouco em termos monetários. É também uma forma de te mostrar o que queres fazer a seguir.

Assim, se não sabes por onde começar, começa com o acesso fácil e gratuito. Podes seguir estes influenciadores de marketing digital ou ler blogs de marketing digital. Tudo gratuitamente e para te dar uma primeira ideia.

Como fazer um currículo

Com base nas perguntas feitas anteriormente e com os teus conhecimentos básicos, vais então criar um currículo.

O currículo é como uma sebenta. Ou seja, um conjunto de conhecimentos que vais apreender de forma cronológica. Começas por uma etapa e depois outra e depois outra.

A ideia é cimentares o conhecimento. Deves assim estudar, aplicar as ideias antes de passar para a outra etapa. Ao já teres este caminho, não te sentes perdido e fazes uma jornada do geral para o particular.

Um exemplo de curriculo que podes fazer:

1 – Ler sobre marketing digital

2 – Fazer o curso do Atelie Digital da Google

3 – Tirar notas e escrever sobre o que aprendi

4 – Realizar curso pago geral de marketing digital

5 – Criar um blog para demonstrar conhecimentos ou criar projeto próprio ou encontrar um estágio para trabalhar de outra empresa / projeto

6 – Fazer curso de Gestão de Redes Sociais, a escolher

7 – Encontrar empresas para trabalhar as redes sociais

8 – Encontrar clientes para começar a trabalhar redes sociais – amigos ou freelancing

Este é um exemplo de currículo de alguém que quer aprender sobre redes sociais. Começa com o básico de marketing digital e depois especializa-te em algo. Pode não ser algo que vás trabalhar no futuro, mas é natural que tenhas mais interesse numa área do que noutra.

Os teus esforços vão ser então em entender o geral, a estratégia e as ferramentas. E depois os conhecimentos específicos da área que escolheste, quer seja SEO, redes sociais, e-mail marketing ou de tudo um pouco.

pessoa a tirar notas a estudar marketing digital

Como escolher um curso

Se já decidiste que queres saber mais sobre a área, estudar marketing digital pode passar por escolher um curso.

Ao estares disponível para investir alguns euros, faz uma pesquisa para saber que curso escolher.

Podes ver aqui os cursos que recomendo, que podem ser gratuitos ou custar algumas centenas de euros, acessível à maioria da população. “Mas Rita, estás a falar de 6 cursos, como escolher?”

Aconselho-te a ver determinado curso de várias perspetivas. Podes até pegar no caderno amarelo e comparar prós e contras:

  • Qual a carga horária de cada curso? Qual o valor final do curso e as horas para saber o valor-hora?
  • Sê realista: se tens um curso com sessões 3 vezes por semana é intensivo, vais conseguir comprometer-te?
  • Gosto dos conteúdos do formador?
  • Tenho ou não certificado?
  • Tenho alguns exercícios de projetos?
  • Consigo ter feedback de ex-alunos para saber se é aquilo que procuro.

Podes escolher mais do que um curso e incluir no teu currículo. Além disso, podes também apontar outros cursos que gostarias de fazer no futuro, mas não por agora. Acredita que ao longo da tua aprendizagem vais precisar de menos cursos e mais ação.

Assim vê qual o investimento inicial a fazer, mas decide ao longo do caminho.

Criar o teu próprio projeto

Estás a estudar horas por semana e acumular conhecimentos. Mas rapidamente os vais perder se não colocares em prática.

Se estás a estudar marketing digital, deves colocar na prática o que estás a aprender. Muitos cursos têm projetos finais e é uma ótima forma de aplicar tudo o que sabes.

Assim, aconselho-te a criar um projeto próprio. Pode ser um blog e perfis nas redes sociais para dar a conhecer esse blog. Ou então uma conta de Instagram com conteúdos sobre o tema de que gostes.

Este é um passo muito importante porque fazer cursos não chega.

O marketing digital é muito prático. As estratégias, os anúncios e os conteúdos só sabes se funcionam se experimentares na prática e analisares ao longo do tempo. Por isso, mesmo se és iniciante deves começar a criar experiência e portefólio.

Podes criar uma empresa fictícia com determinado produto e pensares como o farias: como seria o site, os conteúdos das redes sociais, as cores? No fundo, é continuares a fazer exercícios.

Não tens qualquer ideia de como começar? Faz então um diário de bordo das formações que tens feito. Escreve os vários conhecimentos que tens e escreve reflexões sobre o mesmo.

Ler mais: Design para redes sociais: 6 aspetos a saber

Estudar marketing digital para transitar de carreira

Há quem queira estudar marketing digital para ir mais longe e mudar de carreira. É por isso ainda mais importante desenvolveres um curriculo adequado à transição que vais fazer.

Para mudar de carreira pensaria num plano a 6 meses. Nesse tempo, vais fazer os cursos, consumir conteúdo, falar com profissionais da área e criares o teu próprio portefólio de ideias ou o teu projeto. Cria um website com o teu currículo, começa a escrever no LinkedIn e tem presença nas redes sociais para demonstrar como fazes conteúdos.

E ao mesmo tempo procura oportunidades de estágio ou de ajudar uma empresa pequena. Começa por algum lado. Essa primeira experiência vai-te mostrar realmente o que é trabalhar com as ferramentas para um objetivo específico.

Assim, para começar a estudar marketing digital, define objetivos, cria um plano de estudo, aplica esses conhecimentos e ajuda um negócio local para ganhar a tua primeira experiência.

Sharing is caring!