mulher com espirito empreendedor a trabalhar no pc no chão da casa
Carreira

Espírito empreendedor: 7 ideias para cultivar esta energia

É preciso mais empreendedores na sociedade? Pelo menos precisamos é de mais espírito empreendedor. Sabe como cultivá-lo para melhorar a tua carreira.

Existem várias palavras associadas ao empreendedor: foco, resiliência, risco, otimismo, atitude, decisão, visão!

Empreendedor pode ser considerado um doido, alguém com um grande sonho e que não pára até conseguir alcançar as estrelas. Não temos todos de ser assim, mas há algumas características que podemos querer adoptar, como a adaptabilidade e a força para enfrentar desafios.

Mas primeiro vamos perceber o que é empreender.

O que é empreender?

Segundo o dicionário do Priberam, empreender é: “ter intenção ou tomar a decisão de realizar uma tarefa, uma acção ou um empreendimento, geralmente difícil”. Acrescenta também que é dar início ao uma tarefa.

Ou seja, empreender é fazer algo, construir, ter ação e há uma certa dificuldade em fazê-lo. Empreender pode ser construir uma casa, uma empresa, organizar um evento. É produzir algo que é visto com alguma dificuldade, pois é complexa e implica tempo, recursos.

Um empreendedor é então alguém que constrói algo, enfrentando desafios e dificuldades. Para poder fazer isso, ele cultiva um mindset diferente das outras pessoas.

Ler mais: Growth mindset: 5 dicas para aplicares na tua carreira

O que é o espírito empreendedor?

Quando falamos em espírito falamos em energia, predisposição, comportamento. É a maneira de viver de alguém. E essa maneira, relcionada com o empreender, faz-te pensar em alguém que é energético. Que gosta de sujar as mãos, pronto para a ação, otimista quanto ao futuro.

Ter estas características pode ser útil para a tua carreira. Consegues trabalhar vários projetos, negociar melhores posições, conhecer diversas pessoas, aprender com diferentes experiências. Quem anda para a frente, consegue construir uma vida melhor para si e para os seus.

E pensas que é isso que gostarias de ser. Ter um bocadinho de espírito empreendedor é não ter medo dos obstáculos, pensar no lado positivo, enfrentar os desafios, aprender com os erros, lutar e nunca desistir.

Mas como consegues ter isso? Eis algumas dicas para desenvolver o espírito empreendedor para aplica na tua vida.

1 – Sê curioso

Para teres o espírito empreendedor, tens de ser curioso, querer saber mais. É teres gratidão por aquilo que já tens, mas mostrares genuíno interesse por coisas que não fazem parte da tua vida, não conheces ou não vives.

A curiosidade desperta também a criatividade, permitindo-te pensar em diferentes soluções, considerar projetos inovadores e até enveredar por caminhos pouco comuns. É querer procurar desafios

Ler mais: Como ser mais criativo com estas 5 técnicas

2 – Sai da zona de conforto

Quem procura desafios, sai da zona de conforto. É alguém que gosta de estabilidade, mas procura a mudança. Porque é nas contrariedades que cresces.

Sair da zona de conforto é também conhecer outras culturas, empatizar com várias realidades. É veres que o mundo é aquilo que tu percecionas e outra pessoa, com outra vivência, tem uma impressão diferente do teu mesmo mundo.

Expandir horizontes ajuda-te a obter novos conhecimentos, aprender e, no fundo, ficar mais rico. Não é nada confortável sair da nossa bolha e vais sofrer com a mudança. Ainda assim, vale a pena os benefícios da aprendizagem, contra a inércia de ficar sempre no mesmo sítio.

3 – Descobre a tua indústria

Em termos profissionais, o espírito empreendedor alarga os teus horizontes. Em vez de pensares apenas no teu trabalho ou na tua empresa, procura conhecer a tua indústria.

Que cargos existem, quais os desafios, qual a sua forma de funcionar, que outras pessoas posso conhecer dentro da minha indústria? Este conhecimento pode-te levar a identificar necessidades e assim empreender algo para ajudar os outros.

Pensa: “como posso acrescentar valor? Como posso ajudar pessoas a resolver os seus problemas?”. No fundo se há algo maior do que a tua empresa é preciso explorar, com a mente curiosa!

mulher com espírito empreendedor a falar ao telefone

4 – Tem o gosto de aprender

O conhecimento é importante e a prática ainda mais. Saber aprender é ter a humildade de que não sabes tudo e que estás em constante aprendizagem ao longo da vida. Quer seja através de formações ou cursos online, ou até a ir assistir a conferências.

Para aprender, lê livros, vai a conferências, faz workshops. E também não estejas sempre a estudar a tua indústria! O pensamento diversificado é a forma de manteres-te curioso, e estares sempre em posição de aprendiz.

Relaciona matérias com neurologia, psicologia ou filosofia da moda enquanto estudas programação. Conhecimentos muito diferentes vão-te tornar mais rico, aumenta a tua criatividade e, claro, o espírito de empreendedor.

Podes ler as book reviews dos livros que vou lendo aqui.

5 – Desenvolve a tua jornada

O desenvolvimento pessoal é muito importante para o espírito empreendedor. Porquê? Porque só consegues manter esse espírito através do autoconhecimento.

Para teres aquela garra de enfrentar desafios, tens de conhecer os teus medos. Para estares pronto a receber feedback, tens de gerir as tuas emoções. E se queres realmente empreender algo, mas tens medo de começar, a tua “pep talk” a ti mesmo vai fazer a diferença.

Vais encontrar vários estímulos internos que podem aumentar a tua auto confiança e motivar-te a começar algo. Mas só a motivação interna é que te vai acompanhar na jornada.

Ler mais: Como ter mais motivação na vida

6 – Troca ideias com outras pessoas

Já te disse que tens de sair da zona de conforto. E não precisas de fazer tudo sozinho.

As tuas ideias parecem fantásticas, até que alguém as começa a criticar. Mas podem ser críticas construtivas. Cria uma tribo de pessoas com o mesmo espírito empreendedor e troca experiências. Teres algum suporte nos teus projetos pode ser útil a dar uma motivação extra nos maus dias ou a receber feedback construtivo para levar as tuas ideias a bom porto.

Partilha, comenta, pede feedback. Vai fazer a diferença nesta jornada.

7 – Planeia os teus objetivos

If you fail to plan, you are planning to fail

Benjamin Franklin

Por fim, um espírito empreendedor distingue-se pela ação. E por mais ideias que tenhas na cabeça, elas só se podem concretizar se começares já!

Define objetivos para os teus projetos, planeia conteúdos para o teu blog, pensa sobre se queres mesmo fazer aquele podcast. Escreve os teus medos, intenções e desejos. Prepara o teu caminho.

Os empreendedores têm sonhos e visão, mas sabem o quão importante é dar os passos. Mesmo que erres, precisas de dar esse passo. Porque se não o fizeres, a aprendizagem não vai chegar e não vais ser melhor para enfrentar melhores desafios.

Queres assim ter o espírito empreendedor? Foca no teu desenvolvimento pessoal. Conhece-te a ti mesmo e ultrapassa os teus medos. Arrisca e sai da zona de conforto. Conhece a tua realidade e outras muitos diferentes. Colhe conhecimentos, aplica-os e aprende com os erros. A tua carreira pode agradecer.

Sharing is caring!