duas pessoas negras a dar aos maos
Livros

Book review: O Maior Psicólogo de Todos os Tempos

Um misto de fé, psicologia, humanidade e desenvolvimento pessoal. Tens mesmo de ler este livro.

Ficha técnica

Título: O Maior Psicólogo de Todos os Tempos – Jesus e a Sabedoria da Alma (comprar aqui)

Autor: Dr. Mark W. Baker

Ano: 1º Edição Outubro 2006

Editora: Lua de Papel

Resumo

Quando se trata de psicologia, há vários nomes sonantes, mas dificilmente nos lembramos de Jesus Cristo. Esta é uma figura influente no mundo ocidental e não só. Acredita-se ter vivido há mais de 2000 anos e que os seus ensinamentos são praticados por milhões de crentes em todo o mundo.

Muito já se fez e se destruíu em seu nome, mas a mensagem final que fica é de amor e de perdão.

Para o Dr. Mark W. Baker, os ensinamentos de Jesus revelam um profundo conhecimento de Psicologia. Assim, neste livro, o autor utiliza casos clínicos e como a mensagem de Jesus pode ajudar a reencontrar o equilíbrio psicológico.

Vê aqui os livros que já li nos vários anos e que recomendo.

Porque é relevante este livro?

Este livro é daqueles que já tinha começado no passado, mas só em 2021 é que o terminei. Não e um livro religioso, para mim. É um livro sobre psicologia.

Aprende-se muito mais do que os traumas de criança que influenciam adultos. Está relacionado com autoconhecimento, ferramentas para gerir as emoções e como é tão importante ao ser humano criar boas relações sociais. Aliás é esse mesmo o ensinamento de Jesus: só podemos ser felizes em relação com os outros.

Ao rever as notas, vejo como livro é poderoso. Tem mensagens incríveis sobre como pensam as pessoas, as questões da dependência, como lidar com outros e com o sucesso. É um livro muito interessante na ótica do desenvolvimento pessoal, pois adiciona uma camada de ciência.

Este livro lança uma leitura que junta a Religião e a Ciência, quase considerados polos opostos. Contudo, é na relatividade de perspetivas, no diálogo e no equilíbrio que vamos encontrar as respostas para a felicidade. Aconselho a ler o livro pois tem ensinamentos para a vida.

Ler mais reviews de livros aqui.

Notas

“Jesus compreendia aquilo que temos vindo a descobrir em teoria psicológica: a ligação é central para a cura. Estar-se tecnicamente correto na nossa teoria psicologia à custa da relação com o paciente faz lembrar o neurocirurgião que se delicia com o êxito da operação, embora o paciente morra”.

“Compreender os outros não é tarefa fácil, e às vezes temos de conter os nossos pensamentos e sentimentos para o fazer. A vulnerabilidade é pré-requisito para compreendermos os outros com empatia, que é a chave do poder pessoal. Contudo temos de estar dispostos a abrir-nos para que os outros se abram a nós.”

“Há quem encare o poder pessoal como algo que emana do próprio indivíduo. Jesus não o via dessa forma. Para ele o poder pessoal era uma ligação com os outros que resultava em algo mais do que o melhor de um só indivíduo. O poder pessoal é uma união espiritual entre pessoas que torna cada uma delas mais do que ele ou ela poderiam ser individualmente.”

“O verdadeiro teste ao poder pessoal não consistia em controlar os outros, mas sim em conferir-lhes poder.”

“É perfeitamente possível perdoar as pessoas, mas optar por não deixá-las voltarem a entrar na nossa vida no caso de não acharmos que a sua presença seja benéfica.”

“Os seres humanos tem uma necessidade fundamental de segurança. Sem ela, não podemos tornar-nos adultos saudáveis. Precisamos de ter uma relação com alguém suficientemente ideal, a fim de nos sentirmos seguros.

“Os que são suficientemente humildes para reconhecer que podem aprender com os outros sem os encararem depreciativamente estão no caminho da sanidade psicologia e espiritual”

“A necessidade narcisista de encarar depreciativamente aqueles que não entendemos é uma hipocrisia que prejudica a nossa própria sanidade espiritual e psicológica. Quer sejamos dogmáticos em termos da religião ou da psicologia, a decisão de nos considerarmos superiores aos outros e sem necessidade do que eles tem para oferecer é-nos prejudicial.”

“A vida verdadeiramente plena recorre à utilização inteligente dos sentimentos e dos factos. Em vez de nos fazerem andar à deriva, como algumas pessoa pensam, as nossas emoções constituem uma importante fonte de informação necessária para uma total compreensão das coisas. Sem termos em conta as nossas emoções, acabamos por tomar decisões sem todos os dados – o que não é uma coisa muito inteligente de se fazer.”

“Os seres humanos não são animais racionais – somos animais que racionalizam.”

“Jesus nunca pensou que podíamos ser bons sozinhos. Para ele, não alcançamos o nosso melhor através da competição, mas sim através da relação.”

“As pessoas são boas ou mas com base nos relacionamentos que tem, e não devido a algo que lhes é inerente à nascença.”

Sharing is caring!