equipa de mulheres a trabalhar no blog empresarial
Blog Marketing Digital

Criar um blog empresarial: guia completo de 10 passos

Sim, todo e qualquer negócio deveria ter um blog empresarial. Sabe porquê e como criar um com estes 10 passos.

Quando uma empresa quer estar presente no mundo digital, pensa em website, redes sociais, anúncios, vídeos, criativos. E porque não pensam em ter um blog empresarial?

De facto, um blog não é só para bloggers de lifestyle para fazer parcerias com marcas de roupa ou ter modelo de marketing de afiliados. Aliás, se pegarmos neste exemplo vemos como é possível fazer dinheiro sem recorrer a anúncios feios do blog.

Tal como um website ou as redes sociais, um blog empresarial é uma mais-valia

Se pensarmos que uma empresa quer ter mais clientes, vendas e ganhar notoriedade, então ter um blog deveria ser uma das prioridades.

Os consumidores mudaram de hábitos. Se antes iam a lojas ou procuram a amigos por recomendações, cada vez mais procuram no motor de buscas respostas às suas questões. Quer seja para saber como preencher o IRS ou como cuidar da humidade em casa, recorremos aos smartphone e colocamos questões, à procura de respostas.

Ou seja, o que as pessoas pesquisam é conteúdo.

E um blog empresarial é perfeito para isso, porque baseia-se em conteúdo útil. Um blog é um conjunto de artigos, textos, informações e mensagens para informar, educar e entreter. Informar sobre produtos, educar para a venda e entreter para despertar curiosidade e filiação à marca.

É tão simples e barato criar um blog que as empresas estão a perder uma super oportunidade de ter visitas no seu portal e potenciais vendas em troco de dezenas de euros para escrever um bom artigo. É mesmo algo que tens de pensar em implementar!

Ler mais: Estratégia de Marketing de Conteúdo: 9 passos a seguir

Como criar um blog empresarial?

Um blog de um negócio ou empresa pode estar alojado no website e viver com outras páginas institucionais, como sobre nós, serviços, contactos, etc.

Pode-se também seguir algumas recomendações que blogs utilizam, como marketing de afiliação, SEO para blogs.

Os pontos principais é decidir quais as rubricas a trabalhar, como será o fluxo de trabalho e ter um planeamento estratégico para ter conteúdos de base que potenciam o crescimento de visitas.

Este é um guia de 10 passos para criar um blog empresarial.

1 – Definir a missão da empresa

A missão da empresa é uma frase que mostra qual é a visão que têm para o futuro. Este enquadramento é importante para saber que tipos de conteúdos vais colocar no blog empresarial.

Se for a tua empresa, pensa no que te move, no valor acrescentado que queres trazer ao mercado, às pessoas e à sociedade. Se és o responsável de conteúdos e trabalhas numa empresa, vê este passo com a equipa de marketing e a sua estratégia para o ano corrente.

Por fim, se trabalhas em agência com cliente, o teu entendimento da marca vai ajudar muito.

2 – Define a estratégia de marketing de coneúdo

Numa estratégia de marketing de conteúdo, existem muitos pontos a definir, como objetivos e também qual o público-alvo para quem escrever.

Tal vem da própria estratégia de marketing da empresa. Se conheces muito bem potenciais e atuais clientes, sabes bem quais as suas preocupações. E podes usar para definir o público-alvo bem comos os temas a trabalhar.

Queres informar os clientes sobre a indústria? Ou sobre o produto? Queres também ter alguns artigos escritos pela equipa para mostrar o backstage? Todas estas decisões dependem da estratégia que vais adoptar.

Estratégia operacional

Considerando o teu blog empresarial, deves também criar um plano operacional, respondendo a determinadas questões:

  • Quem escreve os artigos? Tens um content writer na empresa ou vais procurar uma agência ou trabalhar com freelancers?
  • Que formatos vais ter de escrita? Artigos mais longos, artigos de opinião ou estudos de casos?
  • Que rubricas podes desde já pensar?
  • Quantos artigos por semana vais publicar?

Quando se trata dos artigos por semana, recomendo pelo menos dois.

Escrever um artigo é pouco, quando se olha para uma estratégia a longo prazo, demorando mais tempo a produzir resultados interessantes.

Assim, basta fazer a conta: 8 artigos por mês x 12 meses são 96 artigos. Por isso, o teu objetivo será ter 100 artigos no blog empresarial, no primeiro ano.

Parece um objetivo ambicioso, contudo ao fazeres semana a semana, vais ganhar mais apetências para escrever mais e melhores artigos. Além disso, já terás uma boa base criada para um crescimento a longo prazo.

Ao saberes quantos artigos queres por semana, podes então escolher se preferes ter um content writer ou um freelancer. Concentra o trabalho, se for preciso, para cumprir prazos.

3 – Os grandes temas do blog

Com os primeiros passos da estratégia concluídos, deves começar a pensar no conteúdo em si.

Define dois ou três grandes categorias do blog da empresa. E podem não ser os serviços da empresa.

Onde é que a empresa opera? Quais os temas da indústria? O que gostaríamos que os nossos clientes soubessem? São questões que te vão ajudar a decidir temas.

Por exemplo, o Pingo Doce tem uma seção de blog para receitas de cozinha – “A Escola de Cozinha”. Aqui explica como fazer pratos diversos e algumas técnicas. Este blog incentiva os clientes a comprarem os produtos Pingo Doce para fazerem as determinadas receitas.

Em vez de dizer “estas ervilhas são fantásticas”, mostram “para fazer esta sopa, use estas ervilhas”.

O tema do blog é sem dúvida a cozinha e poderiam escolher outro. Para uma categoria de produtos animais, podiam criar artigos dedicados a animais domésticos, incentivando consumidores a procurar soluções nos seus supermercados.

Assim, escolhe quais os temas a focar no blog empresarial, para comunicar com o teu cliente os seus interesses.

Ler mais: Antes de criar um blog, responde a estas 3 questões

4 – Pesquisar palavras-chave

Para além dos temas, identifica as palavras-chave a usar.

Vendo o exemplo do blog do Pingo Doce, percebemos as palavras-chave usadas. “Alimentação sem glúten”, “ervas aromáticas”, “ceia de natal”, “menu para ano novo”, “lanches para regresso às aulas”. Percebes que há claramente conteúdo feito para o público-alvo – uma família – que precisa de receitas para várias alturas do ano, bem como receitas com restrições alimentares.

A pesquisa de palavras-chave é um fator importante no teu blog, pois os artigos com palavras chave pesquisáveis e de nicho trazem mais tráfego qualificado.

Ler mais: 6 ferramentas para pesquisar keywords para artigos

5 – Cria os primeiros 10 artigos

Esta dica é aplicável também a blogs pessoais, num desafio 30 dias para blog.

Fazer os primeiros artigos e publicá-los sem partilhar nas redes sociais é uma forma de começar a criar conteúdo. Assim, os visitantes pode ver um blog já com algum conteúdo e explorá-lo, assim que fizeres a publicidade.

Esta prática também ajuda a perceber os temas dos artigos e gera mais ideias, para o planeamento de conteúdo. É um primeiro exercício para conheceres o teu blog, de que forma os conteúdos se relacionam e também para mudar direção, se for preciso.

pessoas a escrever no blog empresarial

6 – Não te esqueças do SEO!

Na hora de escrever o content writer deve seguir as boas práticas de SEO para blogs.

Este é um resumo prático do que deves colocar em cada artigo:

  • Palavra chave no título e subtítulo;
  • Ter links internos (links para outros artigos do blog – assim os teus primeiros artigos devem estar relacionados uns com outros);
  • Colocar links externos para entidades credíveis;
  • Acrescentar imagens;
  • Escrever pelo menos 500 palavras;
  • Melhorar o URL do artigo.

Escreve os artigos de forma clara, curta e consica, a pensar no utilizador. Descomplica conceitos, aposta nos benefícios para o utilizador.

Ler mais: Como escrever um artigo para blog em 10 passos

7 – Divulga o teu blog

Divulgar o blog empresarial é fundamental para te dares a conhecer.

No caso das empresas, publica nas redes sociais os artigos do blog uns dias depois de saírem. Assim, consegues trazer mais tráfego. Podes ainda investir algum dinheiro em patrocinar determinados artigos (fazer boost no Facebook) para ver se aumenta ou não o tráfego.

Contudo, pensa sempre na otimização orgânica. O utilizador deve pesquisar a keyword e chegar ao teu artigo. É investimento a longo prazo no teu conteúdo e que aumenta as conversões ao longo do tempo.

Ler mais: O que publicar em cada rede social para promover o teu blog

8 – Cria um calendário de conteúdos

Tens a meta de chegar a 100 artigos num blog empresarial, certo? Por isso, vais precisar de um calendário de conteúdos.

Organiza com a tua equipa quem vai escrever os artigos ou que artigos vai o freelancer escrever. Coordena a escrita, a edição, a revisão e publicação do artigo.

Alinha o blog com as redes sociais para estarem coordenados e os teus canais vão estar sempre a produzir conteúdo.

Ler mais: Calendário de Conteúdos: guia para planear publicações

9 – Faz parcerias de conteúdos para link building

Uma boa ideia é fazeres parcerias com outros blgos e portais para que a tua marca chegue a novos públicos.

Esta prática pode dar muita relevância à tua marca. Além disso, deves ter diferentes tipos de tráfego no teu blog empresarial e esta é mais uma forma de conseguir.

Ler mais: Estes são os 6 tipos de tráfego de site para monitorizar

A troca de conteúdos pode ocorrer em guest post. Ou seja, tu escreves um artigo para o portal, com backlinks para o teu blog e dás a oportunidade ao parceiro de fazer o mesmo.

Não estás a perder visitantes, bem pelo o contrário. A troca de conteúdos com outras empresas pode ser importante para parcerias de negócio.

10 – Repete o ciclo durante um ano

Ter um blog é algo que dá trabalho. É um investimento de tempo e até de dinheiro, mas olhando para outros investimentos pode até ser mais “barato”.

Contudo, o principal é garantir a qualidade. E não produz resultados no imediato.

Assim, toda e qualquer empresa deve criar um blog empresarial e mantê-lo neste planeamento durante um ano.

Sim, 100 artigos é muito trabalho. Sim, um ano demora a passar. Este primeiro ano é essencial para construir uma base de conteúdos relevante.

Começar um blog e deixar de produzir passados 3 meses é uma perda de tempo. Este apenas vai produzir efeitos passado algum tempo. O melhor é que uma vez investido nesse conteúdo, não precisamos de voltar até ele.

Muitos portais dizem que os artigos com mais tráfego foram escritos há mais de um ano. Isto quer dizer que conteúdo de qualidade, relevante e atual continua a ser pertinente. E podes ter utilizadores que descobrem o teu conteúdo meses depois de o produzires. É assim uma forma de obteres resultados de um trabalho já feito, já pago e que, sem investimento, continua a trazer frutos.

Mais visitas gera mais alcance de marca, mais potenciais vendas – sem gastar mais um cêntimo.

O efeito cumulativo também deve ser considerado. Investir em anúncios pode ficar mais barato, pois pode aumentar o tráfego orgânico. Assim, ter uma boa base ajuda na estratégia de anúncios.

Estes são 10 passos para criar um blog empresarial. Escolhe para que serve o blog da empresa, os temas mais relevantes, as keywords que trazem o melhor tráfego e começa a escrever e a publicar. A consistência é chave para chegares ao objetivo de ter 100 artigos e vais ver que vão começar a aparecer cada vez mais visitas.

Sharing is caring!