alternativas a ler livros ver no telemovel apps
Carreira

4 alternativas a ler livros: audiolivros e restantes

Já quem queira ler mais, mas não consegue. Não tens de desistir para já. Eis alternativas a ler livros, onde podes ir buscar conhecimento igualmente

Os livros fazem parte da minha vida desde sempre. Já li ficção, história, gestão e, atualmente, leio muitos livros de desenvolvimento pessoal. Sinto que aprendo e fico mais rica ao mesmo tempo.

Já recebi vários pedidos de como é que consigo ler tanto, onde arranjo tempo e que livros escolher. Há quem gostasse muito de ler, mas mal agarra uma página não tem motivação. Ou não se sente confortável.

Contudo, há alternativas a ler livros

Sim, é possível “não ler” ou “ler de outra forma” e obter o mesmo conhecimento.

Ler mais: 7 dicas para ler mais livros ao longo do ano

Há quem tenha preocupações ambientais e financeiras e sente que comprar muitos livros é ocupar demasiado espaço. Por isso, procura alternativas. Outras pessoas sentem-se confortáveis a obter conhecimentos através de outras ferramentas, como vídeo, áudio, conversas.

O que te digo é: não te sintas mal. Eu adoro ler e por isso gosto muito de o fazer. E tu até queres ser como eu, mas precisas de outros estímulos. E para isso há solução.

Porque é possível teres acesso ao mesmo conteúdo, mas de outra forma. Estas são algumas alternativas a ler livros.

1 – Apps de resumo de livros

Ler um livro demora um mês? E se o pudesses ler em apenas 20 minutos?

Existem apps de resumo de livros para que possas saber exatamente os pontos principais, e “ler” centenas de livros por ano. Já experimentei o Blinkist, que também tem audiolivros.

Utilizei, mas senti que estava a fazer batota. Não tinha o compromisso suficiente para ler o livro com atenção e aprender sobre o processo. Ao preferir investir e comprar o livro físico, senti que não era a pessoa para aquele tipo de app.

Quais as vantagens e desvantagens?

As principais vantagens é que poupas tempo, dinheiro e espaço. Por uma subscrição anual de 80€ (que equivale mais ou menos a 6 livros físicos), tens acesso a conteúdo para largos anos. Podes ainda ler aquele livro que sempre tiveste curiosidade, não gostar e ficar contente por não o teres comprado.

A desvantagem é que não tens a experiência de ler um livro. Ler cartões de resumo em 15 minutos pode ser suficiente para ti, mas tens conteúdo limitado. Se lesses fisicamente, talvez notasses noutros pormenores. É bom e barato, mas não se pode ter tudo, não é verdade?

Vê os livros que já li nos vários anos e que recomendo.

2 – Audiolivros

Se és daquelas pessoas que aprende melhor a ouvir, os audiolivros são a solução para ti. Esta é uma das alternativas a ler livros mais utilizadas e muito escolhida por empreendedores mais ocupados.

Basicamente é ouvires alguém a ler o livro, como se fosse um podcast longo. Tens acesso a livros bastante conhecidos, tanto em português como em inglês, e podes ouvir grandes celebridades a contar-te o livro. Sabias que o Stephen Fry faz os audiolivros do Harry Potter? Uma voz bem familiar e cativante.

Quais as vantagens?

A vantagem dos audiolivros é que também a economia de espaço e tempo. Um áudio pode ter 5 horas. Ao ouvires 30 minutos por dia, em dez dias “leste um livro”. Podes ouvir como se fosse um podcast, em caminhadas, no trabalho ou a fazer tarefas domésticas. E se ouvires uma hora por dia? Quase podes ler um livro por semana! E se quiseres, podes também aumentar a velocidade de reprodução (de normal para 1.25) e poupar uns minutos ao final.

A desvantagem é que podes-te distrair facilmente e perder algumas partes. É preciso ter alguma disponibilidade na cabeça para acompanhar a leitura o mais próximo possível.

alternativas a ler livros ouvir audiolivros

3 – Youtube

O Youtube é um mundo de conteúdo que tem tudo, gratuitamente. Podes aprender sobre marketing digital, cozinha, viagens, eletrónica, dobrar roupa, sei lá. Sempre que tenho uma dúvida, o Youtube mostra-me o que fazer. São vídeos, exercícios e experiências.

Contudo, como é que o YouTube é uma das alternativas a ler livros? Simples, podes ver vídeos de resumos ou palestras.

Muitos youtubers fazem resumos de livros e quais as mensagens mais importante. O Fred Canto e Castro é um ávido leitor e tem passado várias mensagens dos livros que lê.

Outra alternativa é veres palestras de autores que falam dos seus livros. Josh Kaufman, autor do livro “O meu MBA”, deu uma palestra na Google em que fala muitos dos pontos que o livro refere. Se pesquisares o autor e o nome do livro, podes consumir as partes mais relevantes, sem ler o livro.

Lê outras reviews de livros que li aqui.

4 – E-books

Por fim, uma das alternativas a ler livros é ler os livros de forma digital. Sim, eles não deixam de ser livros, mas a mudança de leitura pode-te convencer a tornares-te num leitor ávido.

Os e-readers são leitores de livros em formato digital (e-book ou simples pdfs). Estes têm ganho fãs em todo o globo porque permitem poupar espaço e dinheiro. Muitos livros digitais são mais baratos que os livros físicos, não precisas de comprar uma nova estante e cabem numa mochila, para ler em qualquer lado, com muito menos peso.

Contudo, alguns leitores não se sentem preparados para abandonar o formato físico. E o e-book cria alguma confusão aos amantes do folhear. Eu própria tenho um e-reader e portanto há livros que deixei de comprar fisicamente para os comprar online, mais baratos e mais práticos.

Estas são quatro alternativas a ler livros, que te permitem obter o meu conhecimento, mas com vantagens de tempo e dinheiro. Aplica as sugestões para investires no teu desenvolvimento pessoal, no formato que te for mais útil.

Sharing is caring!