Follow Us

A vida não é um quiz

A vida não é um quiz

A vida não é quiz em que temos de saber todas as respostas.

Quando me lembro da escola, lembro-me dos dias em que nos perguntavam imensas coisas e tinhas de saber tudo na ponta da língua.

Qual é o primeiro Rei de Portugal?
Qual será o nosso ROI para o ano?
Quanto é 40×35?
Diz-me a resposta? Qual é a resposta?

Toda a nossa vida somos ensinados a ter respostas. Aprendemos a falar a fazerem nos perguntas e a respondermos. Aprendemos a tabuada, a história, as partes do corpo sabendo respostas na ponta da língua.

Quem sabe mais respostas vai ser melhor na vida. Pensava eu.

Sempre tive todas as respostas ou sabia onde as encontrar. Por isso a escola e a faculdade foram relativamente fáceis. Estamos um semestre a ler e a ouvir para em duas horas colocarem-nos 4-5 perguntas e despejarmos tudo o que sabemos. Toda a vida o nosso sucesso é contabilizado se sabemos muitas respostas – e se sabemos as respostas certas.

Contudo, esse é que é o problema. Porque a vida não tem respostas, não nos dá respostas.

A vida não é sobre ter a resposta certa. A vida é sobre encontrar uma resposta que funciona para aquele tempo para aquela realidade.

Uma resposta funciona hoje, mas pode não funcionar amanhã. Um emprego pode funcionar hoje e pode não funcionar amanhã. Uma carreira pode funcionar durante 7 anos e não funcionar no ano seguinte. E se não tivermos resposta nenhuma? E se erramos na resposta? Não tem problema, vamos desenrascar alguma coisa.

Foi esta a lição que tive de aprender duramente. Se a vida fosse um quiz eu teria todas as respostas.

O sucesso num trabalho poderia ser responder a um teste de 10 perguntas sobre factos históricos. Assim, eu passaria fácil. Mas não. A vida não é nada disso. Saber todas as respostas não me deu as skills necessárias para ter um trabalho na área que desejava ou até em qualquer outra área.

O que precisei de fazer foi não me concentrar em saber tudo mas saber como poderia descobrir como fazer e praticar. Tive de agir e não ter medo de errar, aprendendo sempre com cada acção, cada plano, cada projecto.

O que fiz foi pensar que todas as respostas que tinha poderiam não servir o que estava a fazer. Olhei para a vida com outros olhos e encarei o desconhecido como um desafio que, com conhecimento e tempo, eu iria ultrapassar.

Ler mais: O que é o Desenvolvimento Pessoal + três passos para começar

Agora, sei que a vida não é um quiz, porque há milhares de respostas para a mesma pergunta.

De facto, se há imensas respostas, não há nenhuma resposta certa. O que devemos fazer é encontrar a resposta certa mas sim a resposta que nos faça sentido. Com o tempo, vamos começando a encontrar as respostas certas para os nossos objetivos e as coisas começam a fazer mais sentido.

Mas a vida não é um quiz em que se fizermos tudo certinho ganharemos 10 milhões de euros. A vida é feita de respostas boas e respostas menos boas, respostas completamente erradas e respostas quase certas. E lá pelo meio encontramos as respostas certas, que nos fazem crescer, aprender, mudar.

São as respostas certas que nos fazem felizes, mas são as respostas erradas e a nossa vontade de procurar outras respostas que nos colocam mais perto da nossa felicidade. Por isso dê certo ou dê errado, nunca deixes de procurar uma resposta.