Mindset: 3 Coisas Que o Cristiano Ronaldo nos Ensina

A euforia do jogo Portugal-Espanha no Mundial pode já ter passado mas as perguntas ainda não.

Num jogo acérrimo e com 6 golos, a atenção foi toda para Cristiano Ronaldo. O craque português, considerado um dos melhores do mundo, surpreendeu o mundo com 3 golos. O último golo foi um hat-trick perfeito que levou a Selecção Nacional ao êxtase do empate.

Já sabemos que Cristiano Ronaldo é uma máquina, é um profissional, é um excelente exemplo de sucesso e ética. Mas fica a pergunta – como consegue ele manter a sua performance jogo após jogo? Como consegue ter aquela postura de marcar mais do que um golo por jogo e fazer parecer que é fácil?

Tudo tem a ver com o seu mindset

Um atleta é mais do que o seu corpo. Um atleta é mais do que o treino que realiza todos os dias. Um atleta faz-se muito pelo seu mindset, pela sua maneira de encarar o desporto, o jogo, o sucesso, a derrota, a carreira, a vida.

Cristiano Ronaldo é um atleta que é mais do que os seus pés. É mais do que a sua potência para mandar bolas para a baliza. Para além do seu físico e das suas skills futebolísticas, há uma poderosa ferramenta que o ajuda no seu sucesso – a sua mente.

Quando Ronaldo entra em campo, não estamos a admirar aquilo que faz com a bola.

Estamos é a admirar a sua capacidade de estar no jogo e de alcançar os resultados a que se propõe. E tal só é possível quando se tem o mindset certo.

Tal como refere o the Guardian na review do jogo “quando o Ronaldo morrer deveria doar o seu cérebro ao museu da FIFA, porque a sua força mental está completamente fora da nossa compreensão”.

Como é que Ronaldo cria esta força mental que lhe permite fazer os golos que faz, vezes e vezes sem conta, ano após ano?

Depois de observar o jogo da semana passada, aqui ficam 3 coisas que podemos aprender:

 

#1 Crença

Depois do final de um jogo renhido, Ronaldo respondeu “sempre acredito em mim”. A crença é o princípio de tudo. São os pensamentos na nossa cabeça que criam a realidade. Podemos ter o desejo mas é a crença que move tudo. É o diálogo interno que temos connosco que nos permite alcançar os nossos objetivos. Se Ronaldo tivesse o jogo todo a dizer “Não consigo. Vamos perder. Sou um falhado. Não vou marcar nada. Dói-me o corpo. Isto custa”, achas que ia conseguir alguma coisa?

Quando estás num jogo a perder 3-2 contra um grande rival, como vais pensar? A maioria de nós já tinha desistido em pensar que poderia dar a volta ao resultado. Mas não o Cristiano. Como excelente jogador que é, acredita até ao último minuto que pode mudar o jogo. Até o jogo acabar ainda dá para jogar e que é possível mudar o jogo. E melhor – eu consigo mudar o jogo. O melhor do mundo mostra-nos que na vida estamos constantemente a jogar todos os dias e que ao acreditarmos que podemos jogar melhor todos os dias, podemos evoluir e ser bem sucedidos.

 

#2 Visualização

Quantas vezes já vimos o Ronaldo naqueles momentos de concentração antes de um grande golo acontecer? Ele não está só a pensar que acredita em si – ele está a visualizar o seu objetivo. Mais do que técnica, ele pensa em como irá colocar a bola e vê a sua trajectória. Para além de acreditar, ele visualiza a realidade que quer concretizar.

Na vida, para além de acreditarmos em nós, devemos visualizar os nosso objectivos como se eles já fossem reais. Ao projectarmos o que queremos na nossa realidade, alimentamos a crença e a confiança que temos para fazer acontecer.

 

#3 Foco

Nada se consegue sem trabalho e esse trabalho vem do foco e da disciplina.

O Ronaldo é uma máquina mas já sabemos que treina muito. É o primeiro a entrar e o último a sair. É um campeão que está em constante melhoramento, época após época. E dentro de campo bem vemos a sua concentração e foco. O jogador abstrai-se dos comentários, dos fãs, dos rivais. Ele abstrai-se que pode estar a jogar com um companheiro de equipa. Ele concentra-se em si, na bola, no jogo e faz acontecer. Muitas vezes outros problemas podem condicionar o nosso esforço mas ao focarmo-nos no presente e deixarmos de controlar o que não conseguimos controlar, conseguimos chegar mais longe (e neste caso, marcar aqueles golos espectaculares).

 

O Ronaldo é um dos melhores jogadores do mundo não só pela sua técnica mas também pela força de vontade e de esforço que imprime em qualquer um dos seus jogos. Dentro e fora de campo, gostando ou não de futebol, há muito que aprender com a força mental deste atleta.

 

Artigos criados 218

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo