websites para ler

4 websites que sigo para ler e aprender

Para quem gosta de ler, nem sempre aprendemos nos livros. Há bons websites para conhecer o mundo neste artigo.

Gosto muito de ler e até ao final do ano, tenho uma lista grande de livros para acabar. Contudo, não consigo passar uma semana sem ver mais livros que gostaria de comprar.

Ainda assim, mesmo que não pegue num livro, leio todos os dias artigos interessantes na Internet.

O famoso Google é como a toca do coelho da Alice: é infinito e não sabemos bem o que podemos esperar daquilo. Contudo, é possível aprender muito com artigos que encontramos na Internet, basta saber que boas fontes podemos procurar.

4 websites para ler e aprender

Shifter

O primeiro media dedicado à tecnologia abrange muito mais áreas, como Global e Social. Como é 100% português, é uma boa fonte para percebermos os temas da atualidade escritos na nossa língua e com um olhar «nosso».

Ao explorarem o site, vai encontrar assuntos da atualidade como Política, Transportes, Digital, entre outros.

Podem encontrar artigos como: “Transferências por MB Way vão ser pagas? Afinal, o que está em causa“ou “Revolução nos transportes públicos. O que vai mudar em Lisboa, Porto e no resto do país?”

Bussiness Insider

Para quem gosta de Carreira e Empreendedorismo, o Business Insider foi o primeiro website que descobri. Tanto na versão americana como britância (com businessinsider.co.uk), torna-se muito fácil perder-se em todo o conteúdo sobre Finanças, Tecnologia, Política ou Estratégia. Com muitos autores, pode também haver conteúdos com ideias opostos sobre empreendedorismo. Os meus artigos preferidos são aqueles que fazem uma breve biografia de pessoas da atualidade.

Deixo-vos os exemplos: “The best business books of 2018” , “4 qualities most successful people have in common — and how to hone them” , “The incredible rise of Sundar Pichai, one of the most powerful CEOs in the world

Quartz

Posso-vos dizer que o Quartz é possivelmente o meu website preferido. Pois o conteúdo publicado deixa-me a pensar, faz-me escrever artigos. Cada vez que leio um artigo da rúbrica «Quartz at Work» penso: é mesmo isto, mas que bom artigo!

É um misto de ideias, notícias, artigos e opinião que resultam em conteúdos bem escritos, bem explicados e baseados em fontes credíveis. No fundo, sou muito fã do Quartz.

Dos artigos que mais gostei de ler, deixo-vos estes imperdíveis: “All the “choices” that lead to women being paid less than men” ; “What the NBA can teach Wall Street about winning” ; “Aristotle said there are three types of friendship, but only one we should strive for

The Vox

Na sua tradução como a VOZ, este tornou-se um website que visito pois faz análises da atualidade pegando em elementos filosóficos, políticos, sociais e de entretenimento. Aliás, foi The Vox que iniciou a ideia dos «Explicadores», que podemos ver em websites como do Observador. Estes explicadores ajudam muito a ver as várias peças de puzzles complexos, como a questão Palestina-Israel ou o Gerrumandering que influencia as eleições norte-americanas.

A própria página define os Explicadores como «vivemos num mundo com demasiado informação e muito pouco contexto. Demasiado barulho e pouca interpretação. É aqui que os nossos explicadores entram».

Para o assunto político mais complexo deixo-vos com “Everything you need to know about Israel-Palestine“.