Erre Grande: e já são três anos

No passado dia 27 de janeiro, este canto fez três anos. Já sabia que ele ia continuar cá, mas está muito melhor.

Este meu pequeno bebé, que pode ser quase um braço direito, faz três anos de vida.

Ao olhar para os mais recentes aniversários na blogsfera, o Erre Grande é mesmo um bebé. Com blogs a cruzar a meta de uma década, este ainda tem de comer muita sopa para chegar lá.

Mas nunca lhe tiro o mérito e o trabalho.

Este ano foi muito especial porque o Erre Grande cresceu e deu um grande salto. Se no início do ano estava meio perdido e sem motivação nenhuma, na segunda metade do ano foi fantástico poder escrever aqui todas as semanas.

Aquilo que aprendi neste último ano é que aprender e fazer é a melhor maneira de dar o salto.

Gostei de escrever mais. Gostei de ler mais. Escrever mais e ler mais ajudaram-me a escrever melhor. Ajudaram-me a ter mais ideias, todos os dias e semanas. Aprendi a estruturar melhor as ideias. Aprendi a fazer textos que dão valor a quem os lê. Aprendi a partilhar mais. Aprendi a focar-me nos temas que me interessam. Arrisquei outros temas e tive outras ideias que se podem encaixar aqui.

Há uns meses atrás, fui a uma conferência em que um orador inglês e irrequieto fez a questão. «porque levar anos e anos a tentar criar um negócio ou um império, quando podemos criar uma marca pessoal em 10 anos com os procedimentos certos?».

Isto deixou-me a pensar, porque o Erre Grande é a minha marca pessoal.

Ele retrata as minhas ideias sobre carreira e empreendedorismo. É neste espaço que eu partilho ideias que acho que todos deveriam ter sobre a sua carreira e o seu trabalho. Este blog não é só um blog ou um hobby. Deste o início que soube que era algo para durar e algo que teria um propósito mais profissional, não fosse ele um blog sobre carreira. Desta forma, só posso pensar que com três anos, temos pela frente mais sete anos. Com mais textos, mais ideias e até novas iniciativas e colaborações.

Mais um ano e o balanço é positivo e sempre o mesmo: o Erre Grande cresceu, está melhor e pode crescer mais e ficar ainda melhor.

Para rever o ano em beleza e sem descurar outros posts, este foram os meus preferidos:

5 ideias sobre Gestão de Pessoas

Dia Mundial da Poupança: o que é poupar?

Pensar será a skill do futuro

6 coisas que melhorei na minha escrita em apenas 6 meses

O Meu Novo Trabalho e uma Reflexão Sobre a Minha (curta) Carreira

7 Dicas para fazer um curso online

Já não somos bons agora mas somos um sucesso?

 

Se querem já prognóstico, sim, daqui a um ano estarei aqui para escrever o post dos quatro anos do Erre Grande.

Ainda não sei bem quais as mudanças que quero que hajam, mas espero que se concretizem mudanças. Parar pode ser morrer e não temos sempre de mudar. Mas se mudar alguma coisa, é sinal de que o Erre Grande cresceu mais uma vez e tornou-se ainda melhor.