Os 4 Novos Interesses que Ganhei nos Últimos Anos

As pessoas têm medo da mudança.

As pessoas não gostam de sentir que não estão a evoluir mas fazem tudo para resistir a mudança.

Queremos ter uma vida calma, equilibrada mas com alguma novidade. Gostamos de ter uma rotina que nos dê uma boa zona de conforto. Mas também queremos aventura, novidade, diversão. Queremos que haja dinamismo e crescimento na nossa vida. Mas temos um medo terrível de mudar.

Mas tenho uma novidade para ti – tu vais mudar.

Todos nós mudamos. Todos nós vamos tendo vários interesses ao longo da vida. E isso é bom.

Há coisas que vamos gostar para sempre mas há coisas que só gostamos quando somos crianças. Há coisas que fazemos quando somos adolescentes e continuam durante anos na nossa vida, até desistirmos de as fazer. Há coisas que nem ligavamos durante uma vida e lá para os 50 passamos a gostar.

E isso é muito bom.

Desde que fiz 25 anos que tenho pensado muito no que sou, no que gosto, no que quero ser. E umas das coisas que noto é que fui mudando ao longo dos anos.

Há interesses que sempre se mantiveram, como a música e os livros. Mas ao longo do tempo comecei a gostar de coisas que nunca pensei vir a gostar.

Frases motivacionais

Dantes, não gostava de frases motivacionais e achava a coisa mais pindérica com mundo. Quando criei o meu Pinterest disse a mim mesma – isto é só para ver roupa, como se eu começasse a guardar coisas motivacionais.

Hoje o desenvolvimento pessoal é algo que faz parte de mim. Encontro em frases motivacionais rasgos de sabedoria e ideias que me fazem pensar sobre a minha vida e o seu propósito.

novos interesses

Saladas

Dantes, não gostava nada de legumes ou salada. Não comia, não pedia. Achava que sabiam mal, não me sabiam bem, até ao passar pela garganta fazia-me impressão.

Hoje adoro comer saladas frescas, gosto sempre de ter alface à refeição e sabe-me muito bem comer legumes e coisas frescas. Hoje sei o quão é importante ter uma boa alimentação, pois isso influencia bastante a nossa mente e a sua saúde.

Fotografia

A minha mãe sempre gostou muito de tirar fotografias a mim e à minha irmã, no dia-a-dia. Mas nós fugiamos a sete pés das poses, dos sorrisos falsos. Durante muito tempo não tirava fotografias e não gostava de tirar selfies.

Contudo, sempre fui muito observadora e quando os smartphones começaram a ter câmaras boas comecei a registar vários momentos e locais que ia encontrando no dia-a-dia.

O gosto pela fotografia de locais está bem visível no meu Instagram. No Natal Passado ofereceram-me uma Sony Cybershot para levar as minhas fotografias a um novo patamar. 2018 será um ano em que irei dar-lhe mais uso e espero partilhar isso convosco!

Business

Dantes eu não ligava a números. Entendia a matemática mas não me interessava nada por isso.

Durante o curso de Jornalismo, gostava mais das temáticas internacionais e não via grande relevância nas áreas de Economia e de Finanças. Era um mundo à parte, muito confuso, muito chato e aborrecido.

Hoje gosto de pensar em números, rácios e tabelas de Excel, pois ajudam-me a exercitar o meu músculo de empreendedorismo. Gosto de perceber como é que os negócios funcionam, como é que se fazem orçamentos, como é que se controla os custos e as receitas, como é que uma empresa utiliza e investe o seu dinheiro. Hoje sei o quão importante é termos literacia financeira para termos mais controlo da nossa vida.

Carros

Dantes não me interessava minimamente por carros.

Na minha família tenho dois engenheiros mecânicos. A minha irmã desde muito cedo que apreciava carros e chamava-lhes de lindos e maravilhosos. Eu achava estranho ela gostar mais de carros do que rapazes. Para mim, carros eram simples máquinas para andar de um lado para outro.

Mas desde o ano passado que comecei a estar mais atenta às novidades e tendências. Quando comecei a procurar um carro para mim, sabia que tinha de fazer uma boa escolha para ter um carro que durasse vários anos. Tinha de ser um carro dentro do meu orçamento mas que também fosse ao meu gosto e estilo de vida.

Comecei a estar mais atenta na estrada e agora dou por mim a ver vídeos no Youtube de reviews de carros. Fico interessada no design, nos novos carros, nas novas funcionalidades, nas marcas de automóveis. É sem dúvida um gosto a explorar em 2018.

Estas mudanças não aconteceram de repente.

Estes foram interesses que ganhei nos últimos anos. Mas eles não apareceram da noite para o dia. Eles foram aparecendo em mim porque procurei pelas coisas e pensei sobre elas.

Todos vamos mudar e vamos perder interesses mas também agora outros. Novos interesses são uma porta aberta para novas ideias, novas experiências e novas conversas com pessoas que não conhecias de lado nenhum.

E tu? Que novos interesses tiveste nos últimos anos?

Artigos criados 217

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo