O que me faz não me chatear com as coisas

Chatearmo-nos é natural, mas insistir na chatice é uma perda de tempo – e eu já não faço disso.
Não gosto de me chatear com as coisas, acho que ninguém gosta.
Ninguém gosta de se chatear com o trânsito, com clientes parvos, com planos cancelados, com colegas menos competentes, com chefes a dar reprimendas, com os filhos a portarem-se mal, com o parceiro que entendeu mal as nossas palavras, com os pais que pedem sempre para darmos notícias.

E muito menos gosto de estar chateada por estar chateada. Não gosto de pensar que estou a perder tempo em estar chateada quando poderia estar a fazer coisas mais interessantes. Perder tempo já me dá urticária, quanto mais com coisas que não valem a pena.

Queres mudar este sentimento de não perder tempo com estar chateado?

Eu encontrei uma solução.

Sempre que me encontro numa situação em que estou chateada pergunto-me:

“Esta situação é algo que eu possa controlar?”

Se eu puder controlar a situação, então faço para a mudar e assim deixo de ficar chateada.
Se foi algo que já aconteceu e eu não posso remendar, então sigo em frente e aprendo a não repetir o erro.
Se é algo que aconteceu mas eu ainda posso remendar, então faço para mudar a situação.

E se for algo que eu não controlo? Então bola para a frente e não penso mais no assunto.
Por mais fantástica que seja, não consigo controlar o trânsito. Posso controlar acordar cedo para chegar ao trabalho a tempo para não ter imprevistos, mas se o metro pára e eu atraso-me, que culpa eu tenho? Vou-me chatear algo que não poderia evitar? Se fiquei muito chateada então no dia seguinte vou mais cedo ou apanho o autocarro.

A fórmula para acabar com o estado de estar chateado é perceber qual a solução. É não focar no problema (a chatice) mas sim na solução (como mudar esse estado).

Desde que penso assim que tenho grandes melhorias na minha vida. Mesmo quando falo com o B e lhe digo que estou chateada digo logo “olha estou chateada mas não vale a pena estar porque são coisas que eu não controlo, por isso já passa”. Imediatamente que tenho este pensamento, mudo de postura e esqueço-me daquilo que me irritou.

Porque se deixarmos de nos focarmos no problema e focarmo-nos na solução, podemos sempre aproveitar melhor o tempo e fazer coisas positivas e produtivas. No fundo, o nosso bem estar e a nossa boa disposição são vêem do trânsito, do salário, do patrão, das quedas dos filhos – eles vêem da nossa própria mente. E quem controla a minha mente sou só eu e por isso só eu posso fazer milagres em tornar maus momentos em coisas do passado e seguir em frente com a minha vidinha.

Desafio-os mesmo a fazerem este exercício sempre que se sintam chateado, vejam lá se não resulta 😉

  • Sem dúvida!Estar chateado é uma perda de tempo.
    Quando encontramos a paz interior conseguimos resolver os problemas, pensamento positivo sempre!
    O tempo já é pouco e se o deixarmos escapar por parvoices, vivemos pouco! =)

  • "Quando encontramos a paz interior conseguimos resolver os problemas" – melhor resumo deste post! Quem não se chateia é quem está tranquilo e que sabe que há sempre psolução; quem se chateia é porque não está em paz 😉

TORNA-TE GRANDE!
Subscreve à Grandeza
Recebe em primeira mão dicas e novidades sobre Carreira, Empreendedorismo & Motivação!
Quero ser Grande!
Sem SPAM, porque quero que recebas conteúdo útil. Experimenta!
close-link