Aquele primeiro dia no novo trabalho

O primeiro dia de trabalho é sempre memorável, mesmo que seja num novo trabalho.
Aconteceu de novo eu ser a nova miúda em algum sítio.
Já fomos os novos alunos quando mudávamos para a faculdade, mas pelo menos tínhamos coleguinhas que nos acompanhavam nesse sentido. No mercado de trabalho, se entrarmos numa empresa sozinhos, somos os miúdos novos, o coleguinha novo, o caloiro do edifício.

Somos a pessoa com a preocupação de decorar todas as pessoas do nosso departamento e dos restantes. Somos a pessoa que fica maluca a olhar quantas vezes as pessoas se levantam para ir fumar um cigarro ou beber café, para ver quando é que todos fazem a pausa devida da manhã. Vamos com eles almoçar para ver quais são os típicos sítios a ir. Olhamos se alguém está de calças de ganga ou ténis para ver o quão formal é o escritório.

Ter o primeiro dia no primeiro trabalho é estranho mas é ainda mais estranho ter um primeiro dia no novo trabalho.

É porque já não somos novatos mas também não queremos ir cheios de manias, porque o ambiente de trabalho é diferente. Já não somos estagiários mas não queremos parecer que dominamos mais o assunto do que as pessoas que lá estão há mais de 10 anos. Somos jovens e estamos cheios de ideias mas não podemos pensar que vamos revolucionar a empresa. Somos super empreendedores e já fizemos o trabalho de casa, mas não podemos achar que sabemos tudo sobre uma indústria nova que não trabalhamos. Somos óptimos a adaptarmo-nos a novas circunstâncias e desafios mas não podemos andar nos corredores tipo pavões a achar que já dominamos tudo.

Como é que posso mostrar que já sou profissional mas adaptando-me à mesma à nova empresa? É só ser simpática mas se parecer muito simpática posso estar já a ter confiança a mais com as pessoas?

Chegar a casa depois do primeiro dia é cansativo. É muita informação a reter mas sabemos que vai passar. Sabemos que passado um mês já nos habituámos a tudo, que nos primeiros três meses estamos a apanhar o ritmo das coisas, em seis meses já somos profissionais da coisa e depois de um ano parece que nunca trabalhamos num sítio diferente. Sabemos isso porque já passamos por essa experiência, logo é uma questão de tempo até a rotina fazer de nós o que ela quiser.

Ninguém gosta de ser o miúdo novo na escola que tem de fazer um esforço imenso para acompanhar conversas e fazer novos amigos – muito menos quando és um adulto de 24 anos desejoso de trabalhar e fazer amizade com os outros adultos.

E vocês? Lembram-se do vosso primeiro dia de trabalho num novo local? Contem-me as vossas histórias!

  • Não esqueço o meu primeiro dia no estágio, pois foi igualmente stressante e cansativo. Mas é normal. Como dizes, é muito para assimilar. Mas é interessante olhar para trás e perceber o quanto já evoluímos.

  • Quando estava no meu primeiro trabalho, tive um novo colega no departamento e vi as primeiras pisadas na empresa e lembrava-me como era eu, também a assimilar tudo. No segundo trabalho, sinto que ainda sou novata mas sei que daqui a uns tempos, quando olhar para trás, vou ficar orgulhosa por toda a evolução – e esse é o maior gozo na vida 🙂

TORNA-TE GRANDE!
Subscreve à Grandeza
Recebe em primeira mão dicas e novidades sobre Carreira, Empreendedorismo & Motivação!
Quero ser Grande!
Sem SPAM, porque quero que recebas conteúdo útil. Experimenta!
close-link