Tempo ou Dinheiro?

No outro dia vi mais um artigo com um título mesmo a chamar por mim para dar o like. “O que deveria escolher: tempo ou dinheiro?”, dizia o título do The New York Times.
Escolher tempo ou dinheiro? Nem precisava de ler o artigo.

Para a maioria das pessoas é o dinheiro porque é o que faz falta. Mas para mim o que me falta é TEMPO!
Temos para quê?
Para aproveitar a vida ou então para fazer o dinheiro que também falta!!
O tempo pode levar a mais dinheiro e o mais dinheiro pode levar a mais tempo. Mas só com dinheiro e sem tempo, de que vale viver? Mas com tempo e sem dinheiro, é possivel po-lo a funcionar.
Vivemos nesta sociedade em que a crise despertou realmente nas pessoas uma verdade que sem dinheiro não se faz nada. Mas como bons guerreiros que somos, muitos portugueses sairam do desemprego, pegaram em empréstimos, amigos, familiares e agarram-se numa ideia que lhes trouxe felicidade e alguma fortuna.
E mesmo que haja algum problema nesta discussão sobre o tempo e o dinheiro, para mim é só pensar que o dinheiro não compra o tempo que já passou, o dinheiro não paga os tempos que não passamos com a família, o dinheiro não paga a saúde, não paga os momentos esquecidos com os filhos, não paga as saudades dos beijos dos avós, não paga a saúde de quem está há meses de ver o seu fim.
O dinheiro serve para muita coisa, para dar aquele conforto à família, para poder visitar os avós que estão longe, para preparar aquela festa de aniversário bonita para os filhos, para levar a família toda a viajar e a ter umas férias descansadas. Mas ainda assim, há coisas que o dinheiro simplesmente não compra.
O dinheiro é muito importante mas eu escolhia ter mais tempo, todos os dias, para poder aproveitar a maior dádiva de todos que é estar viva.
Artigos criados 212

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo