Adoro Segundas-feiras #6

Lembra-se das primeiras vezes que andou de bicicleta, quando começava a andar e caia e esfolava os joelhos? Caia, magoava-se, chorava e dizia que nunca mais queria voltar a andar. Mas os seus pais insistiam e diziam “vá, anda, tu vais perder esse medo”. E lá voltava a andar, lá voltava a cair, até que um dia conseguia andar sem cair e com o passar do tempo andar de bicicleta tornou-se tão fácil quanto respirar.
É estas pequenas lições de vida que nos mostram que os nossos medos só podem ser enfrentados com a prática. Já na vida adulta, quando queremos pedir uma promoção, iniciar um novo projecto, sair da empresa ou abrir uma empresa sozinhos, aquele passo que demora a dar, aquele passo que nos aterroriza é geralmente um sinal de que aquilo que tanto nos aterroriza é a coisa certa a fazer.
Onde está a paixão está também o medo de perder essa paixão. Mas é aí que vale a pena insistir e lutar.